terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Melhores de 2008 - Ator Coadjuvante

Nas artes, um ator coadjuvante é uma categoria de ator em um filme ou qualquer outra manifestação dessas artes que coadjuva, dá suporte, contracena com os atores responsáveis por desenvolver a trama principal da obra e, com sua interferência, auxilia os mesmos a transmitir suas mensagens e idéias: é um ator que interpreta papel secundário.


Javier Bardem, como Anton Chigurh, Onde Os Fracos Não Têm Vez

Acho o espanhol Javier Bardem um dos atores in foreign mais versáteis. Surpreendeu-me em filmes como Mar Adentro, que acho que merecia uma indicação ao Oscar. Mas foi com este recente filme dirigido pelos irmãos Coen que colocou Javier num patar bem alto. E transformou seu Anton Chigurh num dos vilões mais frios que vimos, e fez este grande vencedor do último Oscar num bom entretenimento.


Heath Ledger, como Coringa, Batman - O Cavaleiro das Trevas

Recebemos com muito choque, no começo de 2008 a notícia que o ator havia falecido, deixando um grande talento. Mas, antes, concluiu um dos trabalhos mais memoráveis de sua carreira. Transformou em seu Coringa um dos personagens mais sarcâsticos e até engraçados que até conseguiu ofuscar o protagonista, com razão. Uma pena, ele não puder ver o reconhecimento de seu trabalho fluir. Um vilão memorâvel.


Paul Dano, como Eli Sunday, Sangue Negro

Paul Dano mostrou que tem talento para papéis mais complicados, como o irmão mais velho que se recusava a falar na dramédia Pequena Miss Sunshine. Depois deste reconhecimento, elevou muito o seu patamar no papel do jovem pastor que acredita encontrar na fé qualquer solução para os problemas da vida. Conseguiu mais uma vez um ótimo trabalho.


Aaron Eckhart, como Harvey Dent/Duas-Caras, Batman - O Cavaleiro das Trevas

Neste recente filme de Batman, de Christopher Nolan, destacamos o ótimo elenco envolvido no filme. Além da atuação memorâvel de Heath Ledger, destacamos também Aaron Eckhart. Acho-o um ator bem carismático e seu Harvey Dent representa bem um tipo de "esperança" da população de Gotham para combater o crime. E Aaron conseguiu transmitir isso.


Robert Downey Jr., como Kirk Lazarus, Trovão Tropical

Robert Downey Jr. teve muito o que comemorar o ano que passou. Participou do blockbuster Homem de Ferro e também a comédia dirigida pelo ator Ben Stiller. Mostrou no filme o seu lado excrachado e engraçado, que conseguiu ser o responsável pelo sucesso do filme. Um ator que estava "afastado" das telas por conta de problemas pessoais e voltar com tudo. Parabéns!

12 comentários:

Vinícius P. disse...

Javier Bardem teve o grande momento de sua carreira mesmo, mas para mim o melhor coadjuvante do ano foi o Heath Ledger, memorável como o Coringa. E adorei ver o Aaron Eckhart aqui!!!

Kamila disse...

Muito bom ver Aaron Eckhart recebendo o reconhecimento dos colegas blogeiros cinéfilos pela atuação em "O Cavaleiro das Trevas". Dos seus indicados, meu trabalho favorito é o do Javier Bardem, somente pela construção da maldade em pessoa, do frio e do calculismo de seu personagem.

- cleber ! disse...

okay ! o Olha que Blog Maneioro tá feito.

Mayara - me add no msn, pode ser ?

beijos!

Kau Oliveira disse...

Mayara, permita-me discordar da indicação à Aaron. Na realidade, não entendo a constante aparição do elenco de O Cavaleiro das Trevas entre os melhores do ano. Acho a atuação de Heath a mais forte de MUUUUUUUUUUUUUUUITO longe, comparando somente com os personagens de Batman.

No mais, Javier e Paul são espetaculaaares!!!

Beijos.

- cleber ! disse...

Bom, Robert nem merece ser lembrado por esta porcaria - o Aaron Eckhart foi completamente esquecido por todos, adoro sua atuação!

Mayara Bastos disse...

Vinícius, com certeza! E gostei bastante do Aaron no Batman.

Kamila, concordo. E o Javier no filme me deu um pouquinho de medo, rsrsrsrs.

Kau, entendo. Achei Aaron e (principalmente) Heath de longe ótimos no filme, na minha opinião. Beijos!

Cleber, concordo com o que disse sobre o Aaron e esperava ver o Downey Jr. por "O Solista" não por este, mas gostei bastante da atuação dele, que é de longe o melhor do filme. E já te add, ok? Beijos!

Wally disse...

Muito bons os indicados! Talvez todos devem se repetir na minha, ainda que Eckhart não esteja certo ainda.

Ciao!

Mayara Bastos disse...

Wally, obrigado e como disse, estou anciosa para ver sua seleção. ;) Ciao!

Weiner disse...

Tivemos uma seleção parecidíssima, e o mesmo vencedor pelo visto... Engraçado! Nossos escolhidos em diversas outras categorias também bateram, hehehe. Que bom. Mas aqui eu quis indicar Gordon Pinset como coadjuvante, embora ele apareça bastante em "Longe Dela" e Ruffallo em "Traídos Pelo destino", nos lugares de Eckhart e Downey Jr.

Mayara Bastos disse...

Weiner, pois é e isso é bom! E para mim, Gordon Pinsent é principal e ainda não vi "Traídos pelo Destino". ;)

Sergin disse...

Mas o filme Onde os Fracos não têm Vez e o Sangue Negro, foram filmes de 2007. Tanto que ambos estiveram indicados ao último oscar

Mayara Bastos disse...

Sergin, sei disso, mas ambos os filmes só chegaram no Brasil em 2008. ;)