domingo, 31 de julho de 2011

Carros 2


Em 2006, a Pixar Animation Studios lançou Carros, uma declaração nostalgica de John Lasseter as estradas americanas antigas e acompanhado de uma uma simples lição de moral que atingia a todas as idades, envolvendo um piloto de corrida que teve que se desviar do caminho para aprender grandes valores com relação a bondade e a amizade. Mesmo não sendo uma obra-prima, o que valia era a história simples, técnica impecável e uma trilha sonora deliciosa.

Mesmo com esses elementos positivos, Carros é considerado – em relação a roteiro – o mais fraco da Pixar. È uma surpresa ver um filme como esse ganhar uma sequência e uma das maiores perguntas era qual seria a história da vez, já que houve uma certa conclusão logo mesmo no primeiro com relação ao destino daqueles carrinhos.

Carros 2 inicia com Relâmpago McQueen, campeão da Copa Pistão, retornando a cidadezinha de Radiator Springs para rever seus amigos, especialmente o guincho Mater. O descanso é adiado quando McQueen aceita participar de uma corrida que tem como objetivo promover um combustível não-poluente e convida Mater para acompanhá-lo. O que não esperava era que o guincho caipira fosse confundido pelo Serviço de Inteligência Britânica como um espião americano.

A nostalgia das estradas e a lição de moral do primeiro filme dão lugar a uma trama de espionagem que bebe da fonte de filmes como a série 007. A escolha de Mater como o protagonista da vez foi acertada, já que o guincho é carismático e engraçadinho, mas o roteiro não explora bem a dramaticidade da amizade dele com McQueen, mas sim a relação entre os espiões Flynn McMíssil e Holly Caixadibrita.

A técnica ainda é impecável. Além do ótimo trabalho de Michael Giacchino na trilha instrumental, o design dos carros que vão desde do Aston Martin (o carro de James Bond) até mesmo a versão vampiro de Mater e passando também pela rainha da Inglaterra, além do tour em cidades como uma Tóquio cheia de neon, além de Londres e uma bela Paris de Ratatouille.

Em comparação a outras produções da Pixar, Carros 2 possui um roteiro preguiçoso por usar elementos conhecidos de outros filmes para interagir com os mais novos, cumprindo sua função de entreter. Mas, até é fácil perdoar os criadores de filmes que já marcaram muitas infâncias. Até os geniais possuem bloqueios de ideias e isso é o caso de Carros 2.

Cotação: 6,5

Carros 2 (Cars 2, 2011)
Direção: John Lasseter e Brad Lewis
Roteiro: Ben Queen, baseado em história de John Lasseter, Brad Lewis e Dan Fogelman
Elenco (vozes): Larry the Cable Guy, Owen Wilson, Michael Caine, Emily Mortimer, Eddie Izzard, John Turturro, Joe Mantegna, Thomas Kretschmann, Bonnie Hunt, Jeff Garlin, Tony Shalhoub, Jason Isaacs.

10 comentários:

Fleur disse...

Sua crítica segue em consonância com o que Rubens Edwald Filho disse em seu site: Carros 2 é ótimo para entreter. Devo admitir que concordo com vocês dois.

Abs.

Mayara Bastos disse...

Fleur, obrigado. O filme serve para isso mesmo, pelo menos. Abraços! ;)

Kamila disse...

Para começar, tendo em vista que "Carros" é um filme fraquíssimo, "Carros 2" nem deveria existir, porque possui problemas sérios de roteiro também... O filme mais fraco da Pixar. Ela erra também! rsrsrs

Cine Mosaico disse...

Não se pode acertar sempre. Concordo com a Kamila, "Carros" é o filme mais fraco da Pixar.

Elton Telles disse...

Concordo com o comentário da Camila. A Pixar perdeu a chance de fazer uma sequência de filmes mais legais e que imploravam uma segunda parte, como "Monstros S/A" e seu belo final aberto e desperdiçou com "Carros".

Não achei apenas fraco. É triste dizer isso, mas "Carros 2" é bem ruim mesmo, uma mancha no currículo impecável da Pixar =(

bjs!

Dr Johnny Strangelove disse...

Pelo menos a dublagem argentina manteve os nomes originais do povo ... Holly Caixadebrita é muito para minha cabecinha ofendida com traduções ridículas brasileiras ...

Mas pelo menos a Disney volta nos eixos com o maravilhoso O Ursinho Pooh ... veja a resenha no blog.

E gostei de Carros 2 ...

Lena disse...

Olá Mayara, tudo bem? Adorei suas críticas, principalmente quando comentou das Aventuras de Tintim, pois foi o primeiro site que vi que comentou o assunto. Parabéns, eu te acompanho!

Maria Vilar disse...

Em qualidade Pixar, deixou a desejar. Mas como filme de ação, ficou acima da média. :))

Jonathan Nunes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jonathan Nunes disse...

Concordo totalmente com o Elton acho que carros 2 é ruim mesmo, e por mim não merece nem uma indicação ao Oscar, a Pixar errou feio pela primeira vez.