terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Comentários sobre o Globo de Ouro 2012


Em comparação a sua performance em 2011, Ricky Gervais foi discreto e contido como host do Globo de Ouro, que aconteceu domingo passado em Beverly Hills. Mesmo com um monólogo que envolvia o filme The Beaver, dirigido pela atriz Jodie Foster até mesmo uma perguntinha a Johnny Depp: “Você assistiu O Turista?”, perguntou Gervais. “Não”, responde Depp.

Mesmo ter sido discreto, o legal foi que Gervais deixou os seus colegas de trabalho “darem um troco” no próprio, em que bons exemplos envolviam a ‘like a virgin’ Madonna e seu conterrâneo Colin Firth. Mas, uma coisa pode ser tomada como lição: Hollywood não consegue rir de si mesma e é preciso quebrar o gelo para tirar a monotonia das festas de gala. Da próxima vez, poderia convocar Kermit, líder dos Muppets para apresentar a cerimônia: ele é bem humorado e também personagem tipicamente americano.

Enquanto o host apreciava com moderação, ao mesmo tempo que deu o ar de sumiço na festa, no quesito resultados, a HFPA confirmou os resultados dos prêmios já entregues pela crítica especializada e ainda distribuiu bem os prêmios. Para o Oscar, a briga ficou entre O Artista, filme filmado em p&b e mudo e Os Descendentes, de Alexander Payne, vencedores nas categorias Melhor Filme Comédia/Musical e Drama, respectivamente.


Na categoria de atores, não tivemos muitas surpresas. No drama, George Clooney e Meryl Streep foram agraciados e também chamaram muita atenção na hora de receber seus prêmios. Clooney lembrou seu amigo – e adversário na categoria – Brad Pitt (com direito a bengala!) e ainda fez brincadeiras picantes com Michael Fassbender, este esbanjando bom humor. Já Meryl, improvisou no discurso em razão de um pequeno imprevisto envolvendo seus óculos e ainda chamou Viola Davis de sua menina dos olhos.


O Artista levou ainda melhor trilha sonora e ator de comédia para Jean Dujardin. Outros vencedores foram Michelle Williams, por sua atuação como Marilyn Monroe, em comédia/musical, Martin Scorsese como Melhor Diretor por Hugo, As Aventuras de Tintim, parceria entre Steven Spielberg e Peter Jackson, a melhor animação, superando o então favorito Rango e Meia-Noite em Paris o melhor roteiro (Woody Allen não compareceu, como esperado).

Sobre Madonna, com então W.E., sua aventura como diretora que foi detonado pela crítica, mas isso não impediu de ela brilhar na premiação levando Canção Original. È preciso o status de ‘glamorosa’ para levar a categoria. Elton John parece que não concorda com esta opinião. Isso explica a cara feia na transmissão toda... O que levar a sério uma categoria que não seleciona canções como 'So Long', da animação O Ursinho Pooh ou qualquer outra da trilha de Os Muppets.

Concluíndo, foi um Globo de Ouro que teve uma boa distribuição de prêmios, mas não alterou muita a situação que já estava na corrida ao ouro. Mas deixa uma discussão no ar: será que o Oscar irá abraçar uma metalinguagem feita nos padrões ou em um drama familiar havaiano? Ou irá na contramão? È o suspense que faz com que a Awards Season seja uma delícia de acompanhar.


Menção honrosa dos Golden Globes: o Jack Russell terrier Uggie, um dos atores principais de O Artista recebendo o prêmio conquistado pela produção. Que figurinha!

12 comentários:

Alan Raspante disse...

Meryl Streep ganhou. Só prestei a atenção nisso...

Por que você faz poema? disse...

Preciso melhorar meu inglês para acompanhar o áudio original, essa TNT ainda me mata.

Dilberto L. Rosa disse...

Muito bom o Globo de Ouro, e ainda melhores foram as tuas observações sobre a cerimônia: acho que, mesmo não tendo visto os filmes, o equilíbrio entre as premiações pareceu justo...

Também falei do Globo de Ouro lá no meu blogue (só que emmeio a outros temas): dá uma conferida? Abração e parabéns pelo ótimo blogue!

Otávio Almeida disse...

Ver Martin Scorsese faturar Melhor Diretor foi o momento mais legal da festa pra mim.

Também gostei dos prêmio para Woody Allen e Steven Spielberg.

Bjs!

Kamila disse...

Eu gostei muito do Globo de Ouro nesse ano. Especialmente da escolha de vencedores, sem muita controvérsia, exceto aquela vitória meio sem graça da Madonna....

Concordo que o GG desse ano não altera nada o que já conhecemos atualmente sobre as possibilidades do Oscar.

Beijos!

Película Criativa disse...

Achei muito boa essa edição do Golden Globes.

Mas ainda nada está definido para o Oscar, quero muito ver se a disputa realmente será entre "The Artist" e "The Descendants". Acho que "Hugo" de Scorsese também tem boas chances.

Weiner disse...

Gostei bastante da festa este ano. Divertida na medida certa, sem correria pra entregar prêmio, os artistas muito bonitos, na maioria pelo menos, e o cachorro, né? Demais esse cachorro!
Não curti apenas as vitorias de Scorsese, Clooney e Spencer. De restante, concordei com tudo, especialmente a dama do cinema, Meryl Streep com o prêmio que lhe era de direito.
Beijos!!

Alex Gonçalves disse...

Ricky Gervais fez um excelente monólogo, mas tenho certeza de que ele foi censurado pela organização na maior parte do tempo. Uma pena, pois ele é hilário fazendo piadas com os outros.

E que coisa mais linda esse cãozinho de "O Artista". Juro que se ele morrer no filme eu tiro minha própria vida! +.+

Linderval Souza disse...

Uma das melhores premiações da historia do Globo De Ouro!Fizeram justiça desta fez.

Adecio Moreira Jr. disse...

O jack russel realmente foi o grande destaque da noite!

Flá Costa disse...

Fala uma coisa, tem alguma atriz mais aclamada e "diva" atualmente do que Meryl Streep? Ela é talentosa, bonita, tem personalidade marcante, nunca se envolveu em escândalos... enfim, um exemplo a ser seguido.

Agora é aguardar o Oscar!

Beijos

Wallace Andrioli Guedes disse...

Infelizmente não acompanhei a cerimônia, mas ela só confirmou (como você bem disse) o favoritismo do par O ARTISTA/OS DESCENDENTES. Eu, sinceramente, ainda não sei em quem apostar...