terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Melhores de 2008 - Revelação

Voltando ao especial, destacaremos agora as atuações de atores promissores e que irão brilhar as telonas nos próximos anos.


Saoirse Ronan, como Briony Tallis, Desejo e Reparação

A jovem Saoirse fez sua estréia em longas-metragens no papel da filha de Michelle Pfeiffer em Nunca é Tarde para Amar, de Amy Heckerling. Logo depois interpretou o papel que daria o grande destaque a jovem, a adaptação do romance de Ian McEwan, Desejo e Reparação, dirigida por Joe Wright. E justamente com esta película, a jovem conquista com apenas 14 anos de idade sua primeira indicação ao Oscar de atriz coadjuvante no papel de uma pequena escritora que faz levar por sua imaginação e cometer um erro que marcou sua vida e a de muitos envolvidos.


Carice van Houten, como Rachel Stein/Ellis de Vries, A Espiã

Por causa de um trabalho escolar, tive que assistir a este filme de Paul Verhoeven, filme que consegui gostar e aprender um pouco mais sobre a Segunda Guerra Mundial. E o diretor escolheu como protagonista de seu filme, que é considerado por muitos a redenção do diretor depois de algumas derrapadas cinematográficas, uma atriz desconhecidissima do grande público. E Carice mandou bem no papel de uma cantora judia, que sobreviveu a um massacre e passa a espionar para a resistência.


Michael Cera, como Paulie Bleeker, Juno

Michael começou sua carreira na série de comédia Arrested Development. Mas foi em 2007 que começou a investir em sua carreira cinematográfica. Lançou no mesmo ano a comédia Superbad: È Hoje, no papel de um tímido nerd. Mas foi na dramédia Juno, como um tímido corredor que tem que lidar com a gravidez indesejada de sua colega de sala e que também é apaixonado.


Rebecca Hall, como Vicky, Vicky Cristina Barcelona

Conhecemos Rebecca no filme de magia O Grande Truque em que interpreta a esposa do personagem de Christian Bale. Em 2008, se envolveu num certo projeto que Woody Allen estava produzindo na Espanha. O resultado foi que, por opinião pessoal, conseguiu fazer uma boa estréia como protagonista, como uma conservadora mulher, que prestes a casar, decide viajar com sua amiga para Barcelona.


Olivia Thirlby, como Leah, Juno

Assim como Michael Cera, em Juno, podemos destacar também Olivia Thirlby, que interpreta no filme a melhor amiga da protagonista-título. Mesmo com pouco tempo em cena, consegue ofuscar a cena com sua interpretação incorporando uma adolecente meio "amalucada". Esperamos poder ver Olivia em muitos filme e mostrar seu talento.

13 comentários:

Anderson disse...

Oi.
Interessante seu Blog; Tanto as fotos como os textos são ótimos.
Até breve.

Vinícius P. disse...

Muito boa a sua lista de melhor revelação, temos três aqui em comum. E a Olivia Thirlby está ótima em "Juno" mesmo, deveria ter lembrado dela também em minha lista. Abraço!

Mayara Bastos disse...

Anderson, muito obrigado. ;)

Vinícius, obrigado. E a Olivia está ótima em "Juno" mesmo, e poderia também ser reconhecida por nossos colegas. Beijos! ;)

- cleber ! disse...

Achei Saiorse Ronan, demais - super irritante em "Desejo & Reparação" e por isso está ótima!

Kau Oliveira disse...

Boa lista!!!!

Michael Cera já é conhecido por mim. Ele fazia o seriado Arrasted Development e se dava MUUUUUUUITO bem, apesar de a série ser fraca.

Beijos!

Hugo Leon disse...

Tirando o Cera, que não não vejo nada demais nele, todos foram ótimos, sendo a melhor atuação pra mim destes a da Clarice.

Mayara Bastos disse...

Cleber, quando vi o filme me dava uma vontade de dar uns tapões nela por causa do que ela fez. rsrs. E Saoirse conseguiu transmitir isso.

Kau, obrigada. E você acredita que só vi um episódio desta série? rs. Realmente, conheci Michael na comédia "Superbad". Beijos!

Hugo, a Carice começou muito bem em "A Espiã", não podia deixá-la de fora.

Kamila disse...

Mayara, sua lista de revelações está perfeita. Particularmente, eu ficarei de olho nos próximos projetos de Cera, Van Houten, Ronan e Hall.

Beijos!

Wally disse...

Muito boa a lista! Ronan é um monstro! Acho ela genial e deve aparecer em mais de uma categoria minha, incluindo esta, claro. Sou meio chato nesta categoria no sentido que precisa REALMENTE ser o primeiro trabalho do ator, ou ao menos o segundo. Por isso Houten e Hall são desclassificadas, apesar de serem mesmo excelentes. Mas o elenco de Juno é outro primor.

Ciao!

Mayara Bastos disse...

Kamila, obrigado! E também ficarei bem de olho nos próximos projetos desse quatro talentosos. rs. Beijos!

Wally, obrigado! Saoirse é um monstro mesmo, rs! E também irá entrar em outra categoria do meu especial, ela merece. E entendo o que você falou sobre a categoria, que aliás estou anciosa para ver. E o elenco jovem de "Juno" é ótimo. Ciao!

Alex Gonçalves disse...

Eu sou um pecador: sou fã de Verhoeven e nem vi "A Espiã". Daí nem comprovei o talento de Carice van Houten como protagonista do filme. Eu não colocaria Saoirse Ronan e Rebecca Hall justamente por eu acreditar que elas se destacaram em seus filmes bem anteriores a dos lançados no Brasil em 2008. Mas eu adorei a lembrança da Olivia Thirlby, que eu também tinha colocado na minha lista :)

Beijos!

Mayara Bastos disse...

Alex, se fosse você veria logo "A Espiã", na minha opinião acho o melhor do Verhoeven e a Carice começou muito bem. E sobre Saoirse e Rebecca, achei que se destacaram mais nestes filmes. E não poderia esquecer da Olivia. ;) Beijos!

Paulina Martinez disse...

Eu vi A Espiã é muito bom filme, ela é grande atriz. É interessante ver um filme que está baseado em fatos reais, acho que são as melhores historias, porque não necessita da ficção para fazer uma boa produção. Gostei muito dos filmes de Carice Van Houten, especialmente Race, não conhecia a história e realmente gostei. Super recomendo.