quarta-feira, 21 de abril de 2010

Trilha Sonora da Semana


Alice in Wonderland, por Danny Elfman

A trilha sonora de Alice no País das Maravilhas, versão do clássico de Lewis Carroll sob os olhos do diretor Tim Burton tem duas versões. A primeira é intitulada Almost Alice, onde tem músicas de Franz Ferdinand, 3OH!3, Tokio Hotel, Metro Station e a tão comentada canção-tema por Avril Lavigne. Mas mesmo com esses grandes nomes envolvidos, a trilha deixa muito por desejar. A segunda versão é a instrumental, composta pelo ótimo compositor Danny Elfman, parceiro habitual do diretor Burton. Mas, ao ouvirmos esta trilha, o clima lembra - e muito os trabalhos anteriores do cineasta, mas sem tirar méritos dela. Os destaques ficam por conta de "Alice’s Theme", "Drink Me", "Alice Reprise" (esta última existe cinco versões), "Going to Battle", "Alice Returns". Alice tem previsão para aportar em terras brasilis em 23 de abril. Para fazer o download da trilha, clique aqui.

15 comentários:

Luis Galvão disse...

É verdade que Elfman carregou toda a bagagem que ele tem com o Tim e parece que juntou um pouco de cada obra, misturou e colocou no filme. e eu simplesmente adorei!
Já a segunda versão 'pop', eu achei uma boa iniciativa ($$$) e algumas músicas eu até gostei.

Mayara Bastos disse...

Luis, concordo com o que disse e gostei desse resultado. Já a versão "pop", só gostei da música da Avril (pronto, falei! rsrsrs.) ;)

dialogandocinema disse...

Já assisti ao filme e confesso que nem reparei na trilha, tamanha ojeriza a que o filme como um todo me causou!
“Alice” para mim, tal qual “Avatar”, representa técnica em detrimento da história. E isso é muito triste…
A tecnologia 3D parece não esconder seus objetivos: arrecadar muito dinheiro (do grande público) e produzir pouca arte (para o grande público).
Recorda-me o episódio histórico de quando a burguesia dominou a produtividade intelectual e passou a financiar arte de mau gosto.
Enfim, “Alice” para mim foi também uma experiência de muito mau gosto! Faltou a poesia, a filosofia e a música dos livros! Inclusive um roteiro à altura de seus congêneres… Tudo para culminar em um “frabjous day”?! Pelo amor de deus, e ainda de quebra, discurso moralista! Tudo é de muito mau gosto nessa película!
No entanto, quero apreciar isoladamente a trilha de Elfman!
Um abraço!

Cristiano Contreiras disse...

Não pude nem conferir o filme, ainda!

Mas, sou fã do trabalho de Danny!

abração

Vinícius P. disse...

Pelo jeito somente a trilha instrumental vale apenas mesmo, porque tirand o Franz Ferdinand, nenhum desses artistas chamam minha atenção.

vivi ferreira disse...

ai flor, esperava muito mais desta trilha sabia? ficou alegórica demais, afe hehehe
bjokas,
vivi

bruno knott disse...

To achando bacana... nada fantástico, mas tem a sua qualidade.

Vou ouvir mais...

Wally disse...

Quero muito escutar a trilha de Elfman. Já a trilha incidental me dá muito medo. A da Avril Lavigne não gostei e odeio tanto 3OH!3 quanto Tokio Hotel... fico com esperança de que valha a pena pelo Franz Ferdinand.

Alex Gonçalves disse...

Embora eu goste demais de muitos filmes de Burton, não consigo gostar dos trabalhos compostos por Danny Elfman. A exceção vai somente para o seu trabalho em "Edward - Mãos de Tesoura". Mas verei como ficou sua música no filme quando vê-lo neste próximo final de semana.

Beijos!

Kamila disse...

Assisti ao filme no domingo, e AMEI a trilha composta pelo Danny Elfman. Ele é um parceiro ideal pro Burton, nesse sentido.

Hugo Leonardo disse...

Não sou muito afeto as trilha-sonoras de filme, não que eu ache desimportante, mas nunca escuto uma trilha antes de ver o filme. Nem depois, pra falar a verdade. Acho que a trilha tem de funcionar no filme, pois foi feita e pensada para escutar enquanto vemos o filme.

Abs.

Madame Lumière disse...

Vou conferir essa trilha. Honestamente, penso que uma trilha sonora para expressar o universo de Alice tinha que ser muito perfeita. Durante o filme, não senti a música da forma que eu esperava,então tenho medo de me decepcionar.

a canção tema com a Avril é bonitinha. Acho que tem um lado teen que não pode faltar a esse Alice.

Bjs

Pedro Henrique disse...

Caraca, a trilha é melhor que o filme!!!!

Abs!!!

Madame Lumière disse...

Oi Má

Parabéns, estou te prestigiando com o selo Prêmio Dardos. Vai lá no meu blog pegar o seu selinho carinhoso da MaDame Lumière.

http://madamelumiere.blogspot.com/2010/05/cacador-de-recompensa-bounty-hunter.html

Beijo!

MaDameLumière

Reinaldo Glioche disse...

Oi Ma, tudo bem? Passei para te avisar que estou te indicando o selo prêmio dardos. Pode coletar lá no meu blog. http://claquetecultural.blogspot.com/2010/05/o-prazer-do-reconhecimento.html

Beijão