quinta-feira, 2 de setembro de 2010

A Saga Crepúsculo: Eclipse


O livro Eclipse, terceiro volume da Saga Crepúsculo, pode ser considerado como o melhor da série, mesmo chegando em sua obviedade de suas edições anteriores. A sua versão cinematográfica também eleva o nível que a série já chegou, ou seja, já podemos esperar o que o filme será no decorrer dele.

Bella (Kristen Stewart) está vivendo mais um dilema. Ela retoma a relação com Edward Cullen (Robert Pattinson), inclusive até o vampiro pensar em casamento. Mas a calmaria da relação é abalada com a volta de Victoria (Bryce Dallas Howard, no lugar de Rachelle Lefevre), que está em busca de vingança, juntamente com uma onda de assassinatos misteriosos. Com isso, a família Cullen precisa unir forças com a matilha de lobisomens do lado de Jacob (Taylor Lautner).

Eclipse acaba ganhando pela cenas de ação, que ao contrário de Crepúsculo, os efeitos não soam artificiais, para compensar o roteiro. Diferente de Lua Nova, a trilha sonora composta por Howard Shore apresenta normalidade. A direção de David Slade, de MeninaMá.com também tem méritos.

Eclipse é um bom filme, que tem o mesmo nível dos anteriores e consegue passar o tempo e dá um avanço sobre a trama de Amanhecer, o último da série que será dividido em dois filmes, mesmo que todos já tenham noção do destino de todos os personagens. È um bom entretenimento, só se for desacompanhado (a).

Cotação: 7,0

A Saga Crepúsculo: Eclipse (The Twilight Saga: Eclipse, 2010)
Direção: David Slade
Roteiro: Melissa Rosenberg, baseada em livro de Stephenie Meyer
Elenco: Kristen Stewart, Robert Pattinson, Taylor Lautner, Ashley Greene, Peter Facinelli, Elisabeth Reaser, Kellan Lutz, Nikki Reed, Jackson Rathbone, Billy Burke, Bryce Dallas Howard, Jodelle Ferland, Anna Kendrick, Dakota Fanning, Xavier Samuel.

12 comentários:

alan raspante. disse...

Não gostei muito de Eclipse, achei longo, chato e cansativo. Sem contar que na última cena me deu uma vontade de mijar no cinema ... mais como não gosto de sair no meio da seção esperei o filme acabar...mais o filme não acabava NUNCA. hahahaha, eu sei é chato falar isso, mais o filme me marcou por isso, vendo agora, foi engraçado.

Abs,
cigarrosefilmes.blogspot.com

Mayara Bastos disse...

Alan, caramba, que situação! rsrs. Sei como é isso, mas o melhor é ter pegado uma sessão calma. rsrs. Abraços! ;)

Cristiano Contreiras disse...

Eu acho que o filme consegue ser bastante fiel ao livro - tem as principais cenas, contextos e retira toda "overdose" de romance meloso de Bella e Edward e as chatas referências ao livro O Morro dos ventos uivantes.

Gosto da direção mais soturna de Slade, do dinamismo, mas confesso que ainda prefiro bem mais Lua Nova.

Como você expos, a trilha de Desplat é bem mais densa e melódica, melhor composição, sim. Ainda que eu ache o trabalho de Howard bem pontual, em certas situações.

No geral, o filme funciona muito bem e o resultado é bom.

Ao contrário dos fãs e da grande maioria, sou mais o livro Amanhecer que este!

Abraço

Mayara Bastos disse...

Cristiano, pois é. Esse pontos que você citou vale mesmo contar. E gosto da direção do Slade. E estou sempre adiando a leitura de "Amanhecer". rsrs. Abraços! ;)

Reinaldo Glioche disse...

é isso mesmo Ma. A coisa melhorou sensivelmente neste terceiro capítulo.
bjs

Mayara Bastos disse...

Reinaldo, com certeza. Beijos! ;)

Kamila disse...

Mayara, para mim, "Eclipse" é o melhor livro da série literária escrita por Stephenie Meyer, mas a adaptação cinematográfica deixa tanto a desejar que, na minha opinião, é o pior filme da franquia, até agora.

Mayara Bastos disse...

Kamila, também acho "Eclipse" o melhor livro, pela maduridade. E concordo que tem partes que deixam a desejar. Para mim, todos levam a mesma nota. ;)

Rafael Moreira disse...

Têm muitas partes que são constrangedoras pra mim. Eu não curti. Achei o mais fraco da série até aqui. Conseguiu ser pior do que "Lua Nova" e extremamente cansativo. Além de novamente ter atuações ruins. Beijos!

Mayara Bastos disse...

Rafael, realmente, as atuações não são destacáveis mesmo, principalmente Pattinson. rsrs. E, para mim, os filmes vão no mesmo nível. Beijos! ;)

Wally disse...

Como sempre, opinião e nota totalmente semelhantes. =)

Mayara Bastos disse...

Wally, com certeza! ;)