domingo, 12 de setembro de 2010

Sherlock Holmes


Em 1887, o médico e escritor britânico Arthur Conan Doyle lançava um romance intitulado Um Estudo em Vermelho, que introduzia a história do detetive Sherlock Holmes, conhecido por sua lógica dedutiva e sempre tinha a ajuda de seu amigo e companheiro de aventuras Dr. John Watson. Os personagens já apareceram em quatro romances, cinco contos, dez séries de televisão e quatro filmes, incluíndo uma versão dirigida pelo conterrâneo Guy Ritchie.

Holmes (Robert Downey Jr.), além da lógica, ele também usa seus dotes físicos para resolver seus casos. A sua relação com Watson (Jude Law) está meio abalada por que seu amigo está prestes a se casar e abandonar o mundo investigativo. Em um último caso, a dupla tenta resolver uma onda de assassinatos envolvendo Lorde Blackwood (Mark Strong, especializando-se em papéis de vilão) - que foi condenado a forca - mas ainda aterroriza Londres depois de morto.

Podemos dizer que Sherlock Holmes é uma produção ousada, pela questão do status que o personagem tem com a literatura e pela fisionomia de seu protagonista, que ganha uma atuação divertida por parte de Robert Downey Jr.. Além dele, Jude Law também brilha como Watson, carismático e também charmoso, assim como a bela direção de arte e trilha sonora de Hans Zimmer. A direção também tem méritos por ousar na câmera lenta em certas cenas de ação. Somente o roteiro toma alguns passos bobos, mas nada que atrapalhe na diversão que o filme é.

Sherlock Holmes tem a cara de filme-pipoca, mas cumpre bem seu objetivo: descontração e diversão. Com uma técnica perfeita e uma ótima dinâmica dos protagonistas, não peca em introduzir Sherlock para a nova geração e despertar a curiosidade em encarar os livros de Arthur Conan Doyle.

Cotação: 7,5

Sherlock Holmes (idem, 2009)
Direção: Guy Ritchie
Roteiro: Michael Robert Johnson, Anthony Peckham e Simon Kinberg, baseado em história de Lionel Wigram e Michael Robert Johnson e nos personagens criados por Arthur Conan Doyle
Elenco: Robert Downey Jr., Jude Law, Rachel McAdams, Mark Strong, Eddie Marsan, Kelly Reilly, Robert Maillet, Geraldine James.

11 comentários:

leo disse...

Também gostei e achei muito divertido,e Robert Downey Jr. está ótimo e concordo quando você diz que Mark Strong anda se especializando em fazer vilões,depois desse vi muitos outros dele como vilão.
Abraços

Mayara Bastos disse...

Leo, só esperamos que o Strong não fique sempre se repetindo. Abraços! ;)

Reinaldo Glioche disse...

Vc disse tudo. Richie é bem sucedido em introduzir um personagem clássico a uma nova geração e a uma nova era.
Um bom filme pipoca. Bjs Ma.

Otavio disse...

Isso! O filme não avacalha o mito. Pelo contrário. Mas o arremessa ao estilo dos filmes-pipoca. E é muito bem feito com bons atores em bons momentos. E tem uma bela trilha de Hans Zimmer, pra variar.

Bjs!

cleber eldridge disse...

A trilha sonora de Sherlock, é simplesmente sensacional!!!!

alan raspante. disse...

Não apostava tanto no filme, muito pelo contrário. Ainda bem que estava enganado. Gostei bastante do filme =)

Alex Gonçalves disse...

Eu seu estou muito familiarizado com o universo de Sherlock Holmes. Jamais li algum conto dele e no cinema só o vi em "Melodia Fatal" / "Vestida Para Matar". Acho que foi por isto que acabei gostando do filme, pois de fato ele consegue incluir um Holmes voltado para as novas gerações, com aquele humor quase pastelão digno de Jack Sparrow. Sem dizer que é surpreendente, vendo que foi realizado pelo quase sempre péssimo Guy Ritchie.

Beijos!

Mayara Bastos disse...

Reinaldo, obrigada! E você disse tudo. rsrs. Beijos! ;)

Otavio, ele é ótimo para quem não conhece o personagem. E a trilha do Zimmer é o ponto alto mesmo. Beijos! ;)

cleber, sensacional e deliciosa. ;)

alan, também não apostava na fórmula desse filme, mas me surpreendi, de uma forma muito satisfatória. ;)

Alex, também não sou familiarizada, mas vou procurar algumas histórias do Sherlock. E antes, não botava fé no filme pelas semelhanças a Jack Sparrow. E do Ritchie, só assisti "Snatch" e "Sherlock". Preciso assistir o resto da filmografia dele. Beijos! ;)

Anônimo disse...

Sherlock Holmes é muito bem filmado, com uma trilha sonora ótima, mas sinto que faltou a essência dos livros e consegue ser chato e cansa. Eu esperava mais do filme.

Mayara Bastos disse...

Anônimo, concordo que é bem filmado e sobre a trilha sonora. Mas o filme acabou sendo o contrário de chato. ;)

Matheus Pannebecker disse...

Eu não gostei de "Sherlock Holmes". O roteiro é chato e cansativo e o Guy Ritchie ainda fica querendo colocar pitadas de humor que, ao meu ver, ficaram desnecessárias e deslocadas. Mas, claro, a trilha do Hans Zimmer é maravilhosa!