quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Destinos Ligados


O título Destinos Ligados, mesmo sendo em comum com algumas produções batizadas com este tipo de nome, ele acabe explicando que o filme tem uma linha narrativa, em que no decorrer da história acabe ligando os envolvidos nela, independente da situação. E aqui, a questão da maternidade é o centro dela.

Na introdução, vemos uma garota de 14 anos que acaba de dar a luz a uma criança, mas teve que entregar a criança para a adoção. Depois de 30 anos, essa mesma moça, Karen (aqui, vivida por Annette Bening, em uma bela atuação), cuida da mãe doente e vive com o arrependimento carregado em sua vida. Na outra parte, temos Elizabeth (Naomi Watts), uma advogada ambiciosa e sedutora que começa um caso com seu novo chefe (papel de Samuel L. Jackson). Já a outra mulher é Lucy (Kerry Washington), que sofre do dilema de não poder engravidar e decide recorrer a adoção.

O cineasta colombiano Rodrigo García já tem uma experiência em histórias paralelas e tocantes, como a série In Treatment e em seu longa-metragem de estreia, Coisas que Você Pode Dizer Só de Olhar para Ela. Em Destinos Ligados, García mostra-se competente na direção de atores e também na criação dos diálogos, apesar da ausência de impactos maiores na narrativa, mas sim trazendo leveza para um tema delicado.

Destinos Ligados conquista pela simplicidade e segurança do elenco e de seu realizador, que sabem bem mostrar em uma produção os sentimentos de mulheres comuns, com seus sonhos e desafios de serem mães e compartilharem para nós e entender bem seus dilemas.

Cotação: 8,5

Destinos Ligados (Mother and Child, 2010)
Direção: Rodrigo García
Roteiro: Rodrigo García
Elenco: Annette Bening, Naomi Watts, Kerry Washington, Samuel L. Jackson, Jimmy Smits, David Morse, David Ramsey, Shareeka Epps, Carla Gallo, Marc Blucas, Cherry Jones, S. Epatha Merkerson, Amy Brenneman.

11 comentários:

Pedro Henrique disse...

Não sei bem até onde funciona esse filme, mas não me pegou de todo. Apesar da boa direção, a história (personagens e trama) não convence.

Cristiano Contreiras disse...

Eu estou curioso quanto a esse filme! ainda mais pelo elenco.

Mayara Bastos disse...

Pedro, que pena! ;)

Cristiano, o elenco é um dos grandes destaques. ;)

Otavio disse...

Caraca, juro que não conhecia esse filme.

Bjs!

Jonathan Nunes disse...

Não vi esse filme. Irei procurar o elenco me chamou a atenção assim como sua crítica. Abs.

Kamila disse...

O título é clichê mesmo! Gosto do Rodrigo García, apesar de achar que ele deve em sua carreira de diretor cinematográfico.

bruno knott disse...

O elenco sem dúvida é muito interessante... e parece que o diretor de fato tem talento.

Devo conferir.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Pulsa o cinema
por estar vivo!
Pulsa!
Cheio de emoção!
Gostei do blog. Vou segui-lo.
Abração

www.ofalcaomaltes.blogspot.com

Wally disse...

García me interessa muito, já realizou muita coisa digna. Quero ver este especialmente pelo elenco.

leo disse...

Como disse no twitter,com tanta gente falando tão bem do filme,resolvi assistir e não me decepcionei,gostei muitíssimo do que vi e assim como você fui conquistado pela simplicidade,mesmo que tenha erros,não é nada que atrapalhe o bom desenvolvimento do filme.
O trio de atrizes está afiadíssimo,Kerry Washington faz muitíssimo bem em suas cenas finais,Naomi Watts linda demais e Annette Benning está melhor aqui que em Minhas Mães e Meu Pai.
Abraços

Mayara Bastos disse...

Otavio, vale a pena dar uma procurada. Beijos! ;)

Jonathan, espero que goste. Abraços! ;)

Kamila, gosto do García e o título é muito óbvio. rsrs. ;)

bruno, Rodrigo é talentoso, principalmente com roteiros. ;)

Antonio, obrigado pela visita. ;)

Wally, tenho certeza que vai gostar de "Destinos Ligados". ;)

Leo, concordo contigo. E também gostei mais da Annette aqui do que em "Minhas Mães...", apesar de entregar um ótimo trabalho. Abraços! ;)