domingo, 25 de setembro de 2011

Comentários sobre o trailer de J. Edgar, de Clint Eastwood

Bem antes de começar a ser filmado, J. Edgar já nasceu chamando certa atenção - e porque não - polêmica. A nova empreitada de Clint Eastwood será em retratar a história de vida de John Edgar Hoover, que ficou por 48 anos encarregado do Departamento Federal de Investigação, ou simplesmente, FBI. E nos anos 1930, ele ficou conhecido na história norte-americana ao capturar John Dillinger (personagem que já foi alvo de outro filme, Inimigos Públicos).

Mas, pelo que é percebido no trailer de J. Edgar é que não é só o FBI que será contado, mas sim a vida pessoal de Hoover, interpretado por Leonardo DiCaprio. Além de sua trajetória no Departamento de Investigação, que durou até os últimos dias de sua vida, como também um suposto caso com seu protegido Clyde Tolson.

Além da prévia despertar a curiosidade em torno da relação entre Hoover e Clyde através de pequenos detalhes, mostra-se um clima histórico e uma reconstituição de época impecável e de uma direção segura de Eastwood, além de DiCaprio surgir com uma assustadora maquiagem.

O elenco de J. Edgar também é composto por Armie Hammer - conhecido por A Rede Social - como Clyde Tolson, Naomi Watts como Helen Gandy, secretária de Hoover e Judi Dench interpretando a mãe do protagonista. O filme estreia em meados de Janeiro no Brasil, bem na época do chamado Awards Season.

12 comentários:

Kamila disse...

Eu achei este trailer muito clássico. Diria que "J. Edgar" é um filme "acadêmico", ou seja, feito sob medida para o Oscar. E acho que ele será um importante concorrente nessa award season 2011-2012. Quem sabe o Leo não conquista seu primeiro Oscar de Melhor Ator por ele???

Mayara Bastos disse...

Kamila, concordo plenamente contigo. E que o Leo venha com tudo para a disputa ao Oscar. ;)

Wallace Andrioli Guedes disse...

Um dos filmes mais aguardados da próxima temporada de premiações. A parceria Clint-DiCaprio promete. E, só me intrometendo na conversa entre vocês duas, acho que tende a ser um filme "clássico" e "acadêmico" sim, mas não sei se necessariamente moldado para o Oscar - apesar de, provavelmente, arrebatar diversas indicações. Antes de ser um "filme de Oscar", tem cara de ser um "filme de Clint Eastwood", carregado da sensibilidade que marca a filmografia do diretor. Agora, se a Academia gosta do Clint, fazer o quê?

cleber eldridge disse...

Eu também achei muito clássico o trailer. É um trailer interessante, eu realmente fiquei ansioso para conferir a interpretação do DiCaprio, quem sabe, não é?

Otavio Almeida disse...

Clint não erra. Tenho dito.
Bjs!

Raphaël Crone disse...

Concordo com os colegas acima, mas tenho uma ressalva: gostaria que o clipe tivesse dado um pouco mais de atenção a Naomi Watts, pois além do papel dela ser importante na história, a Academia deve a ela não somente a indicação, como uma estatueta, por Mulholland Drive, isso sem falar em 21 Gramas... Gostaria que o Clint tivesse construído um papel onde ela pudesse se destacar também, pudesse ter espaço, e mostrar a excelente atriz que ela é...

José Francisco disse...

Não resta dúvida que é um filme bem acadêmico e que poderá render o primeiro Oscar ao Leo. Eastwood meio que ficou especializado em fazer filmes acadêmicos com toda essa emoção ensaiada. Resta saber como ficará isso... A conferir. Sem dúvida.

Natalia Xavier disse...

Clint Eastwood é um gênio. Gosto demais dos trabalhos dele e to apostando minhas fichinhas nessa nova empreitada =) (ainda mais com o L. DiCaprio no elenco).

Bjo!

Matheus Pannebecker disse...

Um filme bem cara de Oscar, talvez um pouco datado demais para mim... Mas quero ter esperanças que, depois de quatro filmes sem personalidade, Clint volte a fazer algo realmente contundente. Tomara que seja este o caso de "J. Edgar"

Wagner Woelke disse...

Parabéns pelo blog, e pelo nível dos comentários!
Abrasços
Wagner Woelke

LDA disse...

Cinema é sonho livre!

Elton Telles disse...

Estou um pouco decepcionado com o cinema de Clint Eastwood nos últimos anos, então não espero grande coisa desse "J. Edgar". Veremos...

bjs!